Como o planejamento estratégico influencia o desempenho das empresas.

A elaboração de um planejamento estratégico que seja eficaz na prática é um processo mais demorado, que requer uma atenção maior no levantamento e análise de informações. Esse cuidado é importante pois é ele que vai fornecer todas as diretrizes necessárias para que os gestores possam criar planos de ação mais acertados.

A seguir, vamos falar sobre o que ele representa para um negócio e de que forma ele influencia no desempenho e nos resultados. Continue acompanhando a leitura e confira agora mesmo!

Afinal, o que é o planejamento estratégico?

O planejamento estratégico pode ser definido como o documento que registra as premissas (aquilo que se tem como verdade), os objetivos organizacionais, análise do histórico de resultados, análise de mercado, posicionamento da marca, diagnóstico da situação atual da empresa, partes interessadas, plano de ação, entre outras coisas.

Ele deve ser bem detalhado, pois funcionará como um guia que irá orientar os gestores a respeito de onde se espera chegar e qual é o caminho que deve ser percorrido para que isso se torne possível.

De que maneira ele influencia no desempenho das empresas?

O planejamento estratégico proporciona diversos benefícios, que refletem diretamente nos resultados dos negócios. Veja abaixo os motivos pelos quais ele afeta o desempenho de maneira positiva:

Proporciona análises que conduzem à melhoria dos processos

Uma parte do planejamento precisa estar voltada para o levantamento de forças e fraquezas que existem nos processos internos. Isso ajuda a entender, com maior precisão e de forma mais acertada, quais ações devem ser implementadas para que se alcance melhorias.

Nesse sentido, a redução ou eliminação das fraquezas ajuda a obter uma estrutura mais eficaz, enquanto aproveitar as forças pode ajudar a maximizar os resultados e tornar o negócio mais competitivo.

Auxilia a identificar fatores externos que influenciam nos resultados

Além das variáveis internas (forças e fraquezas), existem questões externas que também podem afetar o resultado do negócio: as oportunidades e as ameaças. Elas podem estar relacionadas ao surgimento de novas leis, ou à entrada de novos concorrentes, por exemplo.

Ter o conhecimento dessas variáveis permite que o gestor encontre meio de neutralizar as ameaças, ou aproveitar as oportunidades.

Determina a estratégia de atuação

Com base nos objetivos que foram definidos, cria-se estratégias de atuação, que serão responsáveis por auxiliar no alcance das metas, em todos os níveis organizacionais (operacional, tático e estratégico). É essa etapa que define o caminho que será percorrido.

Permite definir os planos de ação

Os planos de ação caracterizam a parte prática do planejamento estratégico e eles estão diretamente ligados às estratégias que foram definidas anteriormente. Aqui, os objetivos são quebrados em metas de menor proporção, para que as ações alcancem todos os níveis hierárquico da empresa, facilitando sua execução e controle.

Orienta para resultados

Por fim, um dos objetivos do planejamento e o principal motivo de influência no desempenho é o fato de ser totalmente voltado para resultados. Como existe a definição de objetivos e definição das ações com base neles, o foco está sempre no desempenho que é esperado.

O planejamento estratégico é uma ferramenta crucial para que as empresas possam otimizar a gestão e alcançar o sucesso. Com sua elaboração e o seguimento das soluções que foram estabelecidas, as chances de conseguir um desempenho superior são bem maiores, além da possibilidade de criar vantagem competitiva no mercado.

O que achou desse post? Quer saber como usar o marketing digital para alavancar as vendas e recrutar novos clientes? Então aproveite e confira agora mesmo!

Link para a página de case da Bolt Brasil

Como o planejamento estratégico influencia o desempenho das empresas?

Categoria: Estratégia
0
574 visualizações

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *