Trabalhar com comunicação exige criatividade todo dia e o tempo todo: quem está nesse mercado geralmente é gente que ama desafios e um cotidiano estimulante. E criatividade se exercita e se estimula – um bom jeito de fazer isso pra ajudar a vencer os quebra-cabeças de todo dia é usar a associação de ideias.

A associação de ideias é uma técnica de raciocínio em que uma ideia é ligada, mesclada, a outra. A partir da ideia inicial, você vai fazendo conexões, expandindo a sua mente, “uma coisa puxa a outra” e você acaba chegando a resultados criativos e completamente diferentes do começo da história.

Como se faz? Primeiro pesquise! Para criar sobre algo, tem que conhecer muito bem o assunto. Isso dá confiança e a segurança do que não fazer ou falar. Confiança é fundamental em um processo criativo. A partir da pesquisa sobre o tema, separar peças ou textos que têm ideias interessantes, atraentes ou que tenham alguma coisa a ver com o tema é altamente recomendável. Daí é deixar a mente solta para ligar imagens, conceitos, ideias e livre pra seguir caminhos – geralmente inesperados.

Outra dica: cuide do seu repertório cultural. Nada se faz do nada, e sem uma base boa vai ser difícil conseguir muitas combinações interessantes. É fundamental para um criativo ter referências clássicas da cultura pop, se manter atualizado e sempre ativo, entre livros, blogs, tweets, filmes, séries, animações. Tudo ajuda, e não se iluda – até aquilo que você não gosta pode dar aquela mãozinha. Quanto maior o seu repertório, mais fácil é para você ter material na hora de associar ideias e criar algo incrível. Fazer uma ação de sucesso ou uma peça interessante pode ser mais fácil pra quem está em dia com o que está sendo falado no momento.

Falando em associação de ideias, essa semana tivemos um fenômeno relâmpago (olha aí!) aqui na Bolt. Você conhece Little Alchemy?

É um jogo e é extremamente viciante. Você começa com quatro elementos: água, fogo, terra e ar, e a partir disso cria tudo – tudo mesmo, de montanhas até o Darth Vader. Sabe aquela coisa, “fez a via láctea, fez o dinossauro”? Pois é. O progresso é salvo automaticamente pra jogar mais em qualquer dispositivo, é só fazer login. A praga, quer dizer, o jogo está disponível para Google Chrome, Desktop, Android e IOs.

Fácil de jogar e cheio de referências nerds, Little Alchemy estimula a criatividade, o pensar inusitado e a associação de ideias – basicamente o arroz com feijão do criativo cotidiano. Vai ver é por isso que a febre do jogo pegou tão forte na Bolt 😉

A redação informa que o primeiro foco registrado da epidemia veio do nosso especialista em Inbound marketing, Sérgio Figueiredo, numa conversa sobre jogos digitais que a galera da Bolt ama. O jogo se espalhou pelos criativos, bateu no planejamento, dominou mídias sociais e já se encaminha para apresentações corporativas. Mas pelo que apuramos, a febre já estava na diretoria e inovação há muito tempo.

Só pra dar uma amostra pra quem ainda não baixou Little Alchemy, veja umas combinações legais que já descobrimos (se não quiser spoilers pare de ler aqui!)

Morcego + Homem = Batman

Feiticeiro + Vidro = bola de Cristal

Jedi + lava = Darth Vader

Arco-íris + vida = unicórnio

Castelo + história = conto de fadas

Deserto + neve = Antártica

Espada + Energia = sabre de luz

Vida + metal = robô

Robô + humano = ciborgue

Óculos + humano = nerd

Espaço + vida = alienígena

Tempo + Espaço = Tardis

Quando a Bolt começou em 1999, o digital no Brasil engatinhava. E a Bolt viu o digital passar de coadjuvante a determinante no comportamento das pessoas e na maneira como elas se relacionam, entre si e com as marcas. Viver tudo isso muito de perto é ter conhecimento para explorar todas as possibilidades – e isso abriu a nossa visão de mercado e o nosso leque de serviços.

A epidemia que tomou conta da Bolt

Bolt Brasil

Quando a Bolt começou em 1999, o digital no Brasil engatinhava. E a Bolt viu o digital passar de coadjuvante a determinante no comportamento das pessoas e na maneira como elas se relacionam, entre si e com as marcas. Viver tudo isso muito de perto é ter conhecimento para explorar todas as possibilidades – e isso abriu a nossa visão de mercado e o nosso leque de serviços.

Categoria: Cultura e Diversão
0
2265 visualizações

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *