SOCIAL-MEDIA1

O profissional especializado em social media está com tudo – a atividade vem ganhando cada vez mais espaço no mercado da Comunicação. Afinal, é muito importante cuidar com carinho e inteligência da imagem de marcas e produtos nas redes sociais.

Muito mais do que apenas postar e responder a comentários e mensagens, a função do social media é ser a voz da marca e se comunicar com os clientes, atuais e potenciais – o que é parte essencial no processo construir uma marca próxima, aberta e transparente. A maioria das empresas procura esse diálogo visando o crescimento e aponta as redes sociais como fundamentais para atingir públicos ainda inexplorados.

Apesar do aumento da necessidade por profissionais de social media especializados, ainda não há no Brasil graduação voltada para a profissão. Bem aos poucos, têm começado a aparecer cursos e alternativas de qualificação para quem quer entrar nesse mercado. É um começo, mas ainda incompatível com o dinamismo da demanda.

Imergir no mercado, estar sempre aprendendo no cotidiano da profissão e se atualizando, através de cursos e palestras, é o caminho possível. Da vivência nessa estrada, tiramos algumas dicas:

1- Fique por dentro: bem óbvio, mas sempre vale a pena reforçar. Se você trabalha com comunicação, especialmente social media, é fundamental estar sempre atualizado, atento ao que está sendo dito e ao que tem a atenção de diferentes públicos, inclusive o seu. Fique ligado também às tendências, principalmente nas novas redes sociais que o seu público está conhecendo e usando. Nunca se sabe quando vai aparecer o próximo Facebook ou Snapchat. Esteja onde o seu alvo está. É o primeiro passo para conseguir um diálogo.

socialmedia1

2- Adapte-se: além de estar sempre atento às redes sociais utilizadas pelos seus clientes, é importantíssimo conhecer a fundo essas plataformas e se adaptar à linguagem e usos delas. O que é bom para o Facebook, pode não se adequar tão bem ao Instagram, em que a estética e a lógica é outra. Trabalhe o seu conteúdo para que ele se conecte tanto à linguagem da plataforma quanto ao seu público – a como ele fala e responde, seus hábitos e ao que ele quer da marca. Um post bem planejado e executado vale bem mais que vários feitos sem nenhum cuidado com a forma, postados nos horários diferentes dos que o seu público está conectado ou com um conteúdo absolutamente desinteressante.

3- Criatividade e inteligência: é a principal combinação quando se trabalha com comunicação – uma pode valer muito pouco sem a outra. Criatividade não é nada sem pertinência e é menos ainda sem relevância. Para o seu post aparecer em meio a fontes infinitas de distração, uma abordagem bem pensada, criativa e – principalmente – em sintonia com o seu público, é fundamental.

socialmedia2

4- Seja ágil: em um mundo tão conectado, se você quer reafirmar a presença da sua marca nas redes sociais é imprescindível ter agilidade ao responder as demandas e gerenciar as crises que podem surgir na sua página ou perfil da marca. Se há uma reclamação nos comentários, por exemplo – quanto mais você demora a responder, mais visibilidade negativa atrai, e pior fica para a imagem que você está construindo. Uma empresa que não responde, ou demora a responder – mesmo a comentários positivos – acaba se distanciando do público, e isso nunca é bom. Relacionamento é assim, quando há distanciamento as coisas esfriam, e quando as coisas esfriam, as pessoas se tornam menos fieis.

5- Keep calm: mesmo precisando ser rápido ao responder às demandas, é fundamental ter calma ao lidar com crises na página e ao gerenciar a imagem da marca nas redes. A internet nunca esquece. Então mesmo em momentos de crise, fique calmo e resista ao impulso inicial de se justificar. Ouça o que o cliente quer dizer, pense com cuidado na solução do problema e na resposta que você vai dar. Toda interação conta, cuidado com o que vai dizer.

Trabalhar com social media é assim. Exercício, aprimoramento, flexibilidade e prontidão, até para aprender (quase) tudo de novo, em um cenário que muda todo dia. Fique de olho!

Quando a Bolt começou em 1999, o digital no Brasil engatinhava. E a Bolt viu o digital passar de coadjuvante a determinante no comportamento das pessoas e na maneira como elas se relacionam, entre si e com as marcas. Viver tudo isso muito de perto é ter conhecimento para explorar todas as possibilidades – e isso abriu a nossa visão de mercado e o nosso leque de serviços.

Cinco dicas para ser um ótimo Social Media

Bolt Brasil

Quando a Bolt começou em 1999, o digital no Brasil engatinhava. E a Bolt viu o digital passar de coadjuvante a determinante no comportamento das pessoas e na maneira como elas se relacionam, entre si e com as marcas. Viver tudo isso muito de perto é ter conhecimento para explorar todas as possibilidades - e isso abriu a nossa visão de mercado e o nosso leque de serviços.

Categoria: Mídias Sociais
0
1284 visualizações

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *