Conheça algumas técnicas de apresentação para surpreender seu público

Está difícil encontrar formas para manter a atenção do seu público? Estudos apontam que o foco médio da audiência dura cerca de 20 minutos. Por isso, para manter as pessoas interessadas, é melhor contar com algumas boas técnicas de apresentação.

As suas principais referências de boas apresentações, provavelmente, empregam certas táticas para causar um impacto significativo no público. Mas para obter o mesmo efeito, você tem que conhecer esses recursos e saber como utilizá-los em seu próprio conteúdo.

É claro que não existe segredo milagroso. Se a sua mensagem não tem aprofundamento e nem qualidade, nenhuma técnica conseguirá salvá-la. Certifique-se de fazer uma avaliação sobre o que será apresentado e se é possível desenvolva o material. Confira, a seguir, algumas técnicas de apresentação para surpreender seu público:

Falso começo

Brincar com as expectativas do público é uma ótima forma de impactá-lo de maneira significativa com o seu conteúdo. Use uma das técnicas de apresentação que fazem isso: o falso começo é o que o nome sugere. Procure antecipar o que sua audiência espera e faça todos acreditarem que sua mensagem vai confirmar mesmo essas expectativas. Aí então chega a hora da surpresa, quando você traz uma proposta ou abordagem bem diferente, quebrando preconceitos e paradigmas.

Começo forte

Muitos filmes optam por começar logo durante uma sequência de ação eletrizante. Você pode usar essa técnica para deixar a sua apresentação mais interessante. Ter um começo forte envolve reservar boa parte do conteúdo bombástico para o início com o intuito de prender logo a atenção de quem está lá. Lembre-se, porém, de que isso não deve fazer com que o restante do seu material perca força. Saiba distribuir os momentos impactantes apropriadamente.

Storytelling

A forma como você apresenta as suas ideias precisa ser mais atraente para o público, senão ele dificilmente ficará engajado. Uma das técnicas de apresentação que você pode usar é o storytelling, que consiste em estruturar as suas informações por meio de uma narrativa. Um processo, por exemplo, ao invés de ser descrito com uma série de diagramas, pode se tornar uma história. Basta desenvolver uma premissa no início e seguir com a narrativa, tendo cuidado para envolver recursos que sejam do interesse da sua audiência.

Momento STAR

Da sigla em inglês para “algo que eles vão se lembrar sempre”, o Momento STAR foi criado para deixar a sua apresentação mais interessante ao incluir alguns elementos dramáticos . A ideia por trás dessa técnica está em colocar ênfase em uma ideia de forma bem significativa no meio da sua fala. Vale a pena usar o que você tiver à disposição, como objetos de cena e recursos audiovisuais. O objetivo principal é gerar uma reação impactante no público, para que ele saia da inércia e finalmente fique engajado com o seu conteúdo.

“Twist ending”

Como acontece nos filmes, uma reviravolta ao final pode causar um impacto significativo na audiência. Uma das técnicas de apresentação que você pode usar é a do “twist ending”, ou final surpreendente. O segredo está em tornar mais memoráveis os últimos segundos da sua apresentação para que a impressão geral do seu público seja melhor. Você pode apresentar um fato bombástico, fazer uma pergunta desafiadora, trazer um recurso multimídia, entre outros.

Com essas técnicas de apresentação, você terá mais recursos para impactar significativamente o seu público. Saber quais deles usar em determinadas situações é essencial para o seu sucesso, portanto, analise bem o seu tipo de conteúdo e o perfil da sua audiência.

Que tal utilizar essas técnicas em sua apresentação? E se você já tem uma grande ideia, baixe o nosso template pitch para investimentos, que pode ser um bom ponto de partida para demonstrar o seu conteúdo. Vamos lá!

Sócio fundador e CEO da Bolt Brasil, atuando como Diretor de Criação, graduado em Design Gráfico pela Universidade Estadual de Minas Gerais, pós-graduado em Gestão Estratégica em Marketing pela PUC-MG. Premiado em inúmeros festivais brasileiros (Bienal de Design Gráfico – ADG, Clube de Criação de São Paulo, Clube de Criação de Minas Gerais, Prêmio About de Comunicação Integrada, Prêmio MMOnline – MSN) e internacionais (Festival Internacional de Cannes, Festival Internacional de Londres, One Show Interactive – Nova York). Criou e coordenou o Quinta Digital por 3 anos, que já passou pelas cidades de Uberlândia, Juiz de Fora, Divinópolis e João Pessoa-PB. Foi professor de Direção de Arte no curso de Comunicação Digital e Hipermídia da UNI-BH por 2 anos e palestrante em diversos eventos. Atualmente é professor da disciplina Mobilidade e Produção de Sentido no MBA em Comunicação e Marketing do IEC – Puc Minas, professor da disciplina Dinâmica das Agências Digitais na Pós-graduação UNA, Presidente da ABRADi-MG (Associação Brasileira de Agentes Digitais – Minas Gerais) e Diretor da ABRADI Nacional (Associação Brasileira de Agentes Digitais).

Conheça algumas técnicas de apresentação para surpreender seu público

Alexandre Estanislau

Sócio fundador e CEO da Bolt Brasil, atuando como Diretor de Criação, graduado em Design Gráfico pela Universidade Estadual de Minas Gerais, pós-graduado em Gestão Estratégica em Marketing pela PUC-MG. Premiado em inúmeros festivais brasileiros (Bienal de Design Gráfico – ADG, Clube de Criação de São Paulo, Clube de Criação de Minas Gerais, Prêmio About de Comunicação Integrada, Prêmio MMOnline – MSN) e internacionais (Festival Internacional de Cannes, Festival Internacional de Londres, One Show Interactive – Nova York). Criou e coordenou o Quinta Digital por 3 anos, que já passou pelas cidades de Uberlândia, Juiz de Fora, Divinópolis e João Pessoa-PB. Foi professor de Direção de Arte no curso de Comunicação Digital e Hipermídia da UNI-BH por 2 anos e palestrante em diversos eventos. Atualmente é professor da disciplina Mobilidade e Produção de Sentido no MBA em Comunicação e Marketing do IEC – Puc Minas, professor da disciplina Dinâmica das Agências Digitais na Pós-graduação UNA, Presidente da ABRADi-MG (Associação Brasileira de Agentes Digitais – Minas Gerais) e Diretor da ABRADI Nacional (Associação Brasileira de Agentes Digitais).

Categoria: Apresentações Corporativas
0
292 visualizações

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *