Recordar é bom, e revisitar um case de sucesso é sempre uma oportunidade bacana para refletir. De tempos em tempos o Thunderblog vai trazer um pouco da experiência da Bolt nesses anos de trabalho. E pra começar, uma ação digital que envolveu estratégia, interfaces e uma mecânica muito bem pensada para gerar resultados mais do que expressivos.

Em julho de 2004, a Bolt  trabalhou com o Marista Hall (hoje Chevrolet Hall) na campanha que marcou o primeiro aniversário da casa de shows. Além de comemorar a data importante, a campanha também tinha como objetivos criar um canal de comunicação entre o Marista Hall e seus clientes/ potenciais clientes e consolidar uma base conhecimento de clientes para relacionamento – essa última com a meta de alcançar 10 mil cadastros completos com diversas informações relevantes para a marca.

Vale lembrar aqui que estamos falando da primeira metade dos anos 2000 – um tempo em que as mídias sociais não existiam e em que o acesso à internet era ainda limitado aos computadores. Sem a facilidade atual para disseminar uma mensagem e de obter respostas muito rápidas a ela, não contávamos com fatores de impacto decisivo em qualquer ação hoje. Mas certos conceitos sempre foram importantes – para uma ação de engajamento bem sucedida, precisamos basicamente reunir…

  • um foco de atratividade, um benefício, realmente bom
  • uma mecânica fácil de compreender e de usar
  • uso competente dos canais disponíveis, com uma mensagem bem feita e adequada
  • transparência e clareza, trazendo credibilidade para todo o processo e favorecendo a participação

A estratégia entra em cena

marista-1anoA ideia era conseguir cadastros completos do público. Para atrair as pessoas para o preenchimento, foi oferecido um prêmio sensacional – 1 ano de ingressos para qualquer show no Marista Hall para o felizardo sorteado mais acompanhante. Benefício de primeira, com tudo para despertar o interesse, e também haveria sorteios semanais de ingressos. O cadastro completo dava direito a 1 cupom para o sorteio do presente.

Mas não parou por aí. Foi incorporada à campanha uma mecânica de indicação, e cada participante cadastrado poderia indicar mais 5 nomes. Cada um deles que completasse o cadastro, além de ganhar seu próprio cupom, rendia um cupom extra a quem indicou. Dessa forma a ação potencializou e muito o engajamento, transformando os participantes também em multiplicadores – o que foi fundamental para os resultados alcançados.

Outro ponto crucial foi a interface de acompanhamento. Já devidamente cadastrado e com indicações feitas, o participante podia acompanhar o andamento das suas indicações – quem tinha ou não tinha completado o preenchimento – e outros aspectos do sorteio, como datas e resultado. Tudo muito direto ao ponto e muito claro, criando confiança e estimulando cada participante a insistir com os amigos e converter a indicação em cadastro efetivo.

Contando com a natureza viral da promoção, a campanha lançou mão de e-mails marketing (começando com uma base inicial de cerca de 3 mil nomes) e banner no site do Marista Hall. Em aproximadamente 3 semanas de ação, os resultados foram impressionantes:

  • mais de 14 mil cadastros completos iniciais
  • 34 mil cadastros completos a partir de indicação
  • mais de 48 mil cadastros completos no total
  • mais de 220 mil indicados que não se cadastraram
  • mais de 250 e-mails registrados

De 3000 nomes existentes antes da campanha, o Marista Hall passou a contar com uma base de dados cheia de informação com 48.794 registros – um aumento de 1.526%. A meta inicial de cadastros foi superada – e muito – em quase 390%. Tecnicamente muito bem feita, conceitualmente consistente, a ação “1 ano do Marista Hall” sem dúvida deu muito o que comemorar, e tem lugar reservado na história da Bolt.

Link para a página de case da Bolt Brasil

Sócio fundador e CEO da Bolt Brasil, atuando como Diretor de Criação, graduado em Design Gráfico pela Universidade Estadual de Minas Gerais, pós-graduado em Gestão Estratégica em Marketing pela PUC-MG. Premiado em inúmeros festivais brasileiros (Bienal de Design Gráfico – ADG, Clube de Criação de São Paulo, Clube de Criação de Minas Gerais, Prêmio About de Comunicação Integrada, Prêmio MMOnline – MSN) e internacionais (Festival Internacional de Cannes, Festival Internacional de Londres, One Show Interactive – Nova York). Criou e coordenou o Quinta Digital por 3 anos, que já passou pelas cidades de Uberlândia, Juiz de Fora, Divinópolis e João Pessoa-PB. Foi professor de Direção de Arte no curso de Comunicação Digital e Hipermídia da UNI-BH por 2 anos e palestrante em diversos eventos. Atualmente é professor da disciplina Mobilidade e Produção de Sentido no MBA em Comunicação e Marketing do IEC – Puc Minas, professor da disciplina Dinâmica das Agências Digitais na Pós-graduação UNA, Presidente da ABRADi-MG (Associação Brasileira de Agentes Digitais – Minas Gerais) e Diretor da ABRADI Nacional (Associação Brasileira de Agentes Digitais).

Flashback: a ação de 1 ano do Marista Hall

Alexandre Estanislau

Sócio fundador e CEO da Bolt Brasil, atuando como Diretor de Criação, graduado em Design Gráfico pela Universidade Estadual de Minas Gerais, pós-graduado em Gestão Estratégica em Marketing pela PUC-MG. Premiado em inúmeros festivais brasileiros (Bienal de Design Gráfico – ADG, Clube de Criação de São Paulo, Clube de Criação de Minas Gerais, Prêmio About de Comunicação Integrada, Prêmio MMOnline – MSN) e internacionais (Festival Internacional de Cannes, Festival Internacional de Londres, One Show Interactive – Nova York). Criou e coordenou o Quinta Digital por 3 anos, que já passou pelas cidades de Uberlândia, Juiz de Fora, Divinópolis e João Pessoa-PB. Foi professor de Direção de Arte no curso de Comunicação Digital e Hipermídia da UNI-BH por 2 anos e palestrante em diversos eventos. Atualmente é professor da disciplina Mobilidade e Produção de Sentido no MBA em Comunicação e Marketing do IEC – Puc Minas, professor da disciplina Dinâmica das Agências Digitais na Pós-graduação UNA, Presidente da ABRADi-MG (Associação Brasileira de Agentes Digitais – Minas Gerais) e Diretor da ABRADI Nacional (Associação Brasileira de Agentes Digitais).

Categoria: Estratégia
0
1876 visualizações

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *