Primeiros passos para dominar a arte da apresentação corporativa!

Imagine que você está em um show. Não importa se é fã da banda, conhece apenas os hits de sucesso ou está ouvindo as músicas pela primeira vez: é preciso um conjunto de fatores para ter uma experiência memorável, desde a performance dos artistas até o bom funcionamento dos equipamentos. A apresentação corporativa funciona da mesma forma.

Seja para um auditório lotado ou para um grupo pequeno de pessoas, a forma como o apresentador se expressa, o ambiente e o conteúdo que mostra contribuem para o entendimento do espectador e como a empresa será lembrada.

Por isso, dominar a arte da apresentação corporativa é importante. Listamos abaixo 6 passos que podem ajudar você a fazer uma apresentação marcante. Confira!

1. Transforme o palco na sua casa

O palco é onde todo artista gosta de estar, certo? Então, é preciso conhecê-lo para explorar os melhores pontos e sentir-se à vontade. Com as apresentações é a mesma coisa. Ajuda muito conhecer espaço físico onde a apresentação acontece para usar todos os recursos disponíveis a seu favor.

Descubra o tamanho do local e o que ele oferece. Faça as seguintes perguntas:

  • É uma sala para poucas pessoas ou um auditório?
  • Vai precisar usar microfone ou não?
  • Tem internet?
  • Há tomadas disponíveis próximas ao local onde você vai deixar seu computador?
  • É mais descolado ou mais tradicional?

Tudo isso entra na fase de planejamento e saber essas respostas pode evitar desencontros futuros. E mesmo se estivermos falando de uma apresentação a ser usada diversas vezes, é essencial que ela seja pensada dentro das condições que você provavelmente vai encontrar ao utilizá-la. Lembre-se: você e sua apresentação estão ali para oferecer uma experiência inesquecível.

2. Tenha presença de palco

Depois que organizar a questão do espaço, pense na sua movimentação no local. Explore o lugar, avalie, considere as opções para ocupar mais espaços e dar mais dinamismo à sua apresentação. E se andar não for uma opção devido à limitação do local — ou porque você não se sente à vontade —, concentre-se fisicamente em apenas uma área e sinta-se à vontade nela.

Independente disso, lembre-se de manter a presença de palco. Esse aspecto é essencial para que as pessoas acompanhem o seu raciocínio e não fiquem entediadas durante a palestra.

E como ter presença de palco? Com atitude! Gesticule com as mãos quando quiser enfatizar algo, dê o tom certo às suas palavras, reafirme com um aceno de cabeça a frase que acabou de dizer. Tenha consciência corporal sobre os seus movimentos para que eles sejam naturais, harmoniosos e façam que os espectadores compreendam o seu discurso.

3. Apresente um conteúdo de qualidade

A letra, a melodia, a voz. Essa tríade ajuda a tornar uma música inesquecível. Em uma apresentação corporativa, também é assim: o conteúdo e a forma como ele é estruturado facilitam a memorização dos espectadores — e isso pode ser desenvolvido em conjunto com uma agência especializada.

Um bom conteúdo de texto de apresentação facilita a compreensão. Em geral ele tem:

  • frases impactantes, que buscam resumir conceitos e simplificar ideias;
  • títulos de rápida compreensão, que não desviem muito a atenção do público em relação ao discurso;
  • informações apresentadas em lista ou tópicos.
  • metáforas e analogias para exemplificar a mensagem, pois elas ficam mais fáceis de serem assimiladas.

A dica para ter um conteúdo de qualidade é aproveitar a expertise da agência em storytelling, método usado para criar e reproduzir histórias que facilitam o entendimento das mensagens transmitidas. O objetivo é ter uma apresentação lúdica e transmitir um conteúdo relevante e que ajude a vender o seu negócio.

4. Invista no visual dos seus slides

Dê importância ao visual dos slides. É importante que a apresentação tenha recursos que vão além do texto. Em um show, por exemplo, não escutamos apenas as músicas. Há cenário, efeitos visuais, que juntos servem para criar uma atmosfera conectada com o público.

Alguns elementos visuais importantes nas apresentações:

  • tipografia que facilite a leitura;
  • cores que não cansem a vista com o passar do tempo (pense também em utilizar a paleta de cores da identidade da sua empresa);
  • infográficos e vídeos.

Mas como inserir tais elementos na sua apresentação? Use também o suporte de empresas especializadas, para deixar sua apresentação mais leve, interativa, atraente e bonita.

5. Cative os fãs

Um cantor que não interage com a plateia pode deixá-la desanimada. Nas apresentações corporativas, às vezes você também pode ter dificuldades de entrar em sintonia com os espectadores. Por isso, estabeleça sempre uma conversa com as pessoas. Você pode, por exemplo, contar alguma situação por que já passou e que esteja adequada ao contexto, a fim de criar uma conexão.

Antes de montar a sua apresentação, também é pertinente saber o tipo de evento em que vai se apresentar. É uma rodada de negócios com investidores ou a apresentação de uma campanha? Qual o conhecimento do público sobre o tema que será falado? Essas informações vão guiar a sua apresentação.

Se quiser ter mais segurança no momento de falar, uma boa dica ter um roteiro. Dessa forma, você aproveita para ver quais são os pontos principais do seu discurso e ainda estuda mais sobre o tema. Além disso, assim como um show, a sua apresentação tem hora para acabar. É bom treinar antes para não ultrapassar o tempo estipulado.

6. Ensaie sempre

Se  — mesmo com essas dicas — você ainda não se sente preparado para arrasar nas apresentações corporativas, saiba que há consultorias que podem ajudá-lo a melhorar sua performance. Apresentar-se é uma habilidade que pode ser treinada, portanto, cada um pode encontrar o caminho que mais combina com o seu estilo.

O mais importante ao fazer uma apresentação corporativa é lembrar de que o show sempre tem que continuar. Afinal, essa é uma ferramenta de negócios para a sua empresa. Pode ser a sua melhor chance de conquistar um cliente disputado, apresentar o seu trabalho ou fazer as pessoas perceberem a sua marca. Assim como no mundo da música, para ser lembrado, é preciso ser visto (e bem recomendado).

E aí? Quer melhorar sua apresentação corporativa e deixá-la mais marcante? Entre em contato com a gente!

Sócio fundador da Bolt Brasil, atuando como Diretor de Criação, graduado em Design Gráfico pela Universidade Estadual de Minas Gerais, pós-graduado em Gestão Estratégica em Marketing pela PUC-MG. Premiado em inúmeros festivais brasileiros (Bienal de Design Gráfico – ADG, Clube de Criação de São Paulo, Clube de Criação de Minas Gerais, Prêmio About de Comunicação Integrada, Prêmio MMOnline – MSN) e internacionais (Festival Internacional de Cannes, Festival Internacional de Londres, One Show Interactive – Nova York). Criou e coordenou o Quinta Digital por 3 anos, que já passou pelas cidades de Uberlândia, Juiz de Fora, Divinópolis e João Pessoa-PB. Foi professor de Direção de Arte no curso de Comunicação Digital e Hipermídia da UNI-BH por 2 anos e palestrante em diversos eventos. Atualmente é professor da disciplina Mobilidade e Produção de Sentido no MBA em Comunicação e Marketing do IEC – Puc Minas, professor da disciplina Dinâmica das Agências Digitais na Pós-graduação UNA, Presidente da ABRADi-MG (Associação Brasileira de Agentes Digitais – Minas Gerais) e Diretor da ABRADI Nacional (Associação Brasileira de Agentes Digitais).

Primeiros passos para dominar a arte da apresentação corporativa!

Alexandre Estanislau

Sócio fundador da Bolt Brasil, atuando como Diretor de Criação, graduado em Design Gráfico pela Universidade Estadual de Minas Gerais, pós-graduado em Gestão Estratégica em Marketing pela PUC-MG. Premiado em inúmeros festivais brasileiros (Bienal de Design Gráfico – ADG, Clube de Criação de São Paulo, Clube de Criação de Minas Gerais, Prêmio About de Comunicação Integrada, Prêmio MMOnline – MSN) e internacionais (Festival Internacional de Cannes, Festival Internacional de Londres, One Show Interactive – Nova York). Criou e coordenou o Quinta Digital por 3 anos, que já passou pelas cidades de Uberlândia, Juiz de Fora, Divinópolis e João Pessoa-PB. Foi professor de Direção de Arte no curso de Comunicação Digital e Hipermídia da UNI-BH por 2 anos e palestrante em diversos eventos. Atualmente é professor da disciplina Mobilidade e Produção de Sentido no MBA em Comunicação e Marketing do IEC - Puc Minas, professor da disciplina Dinâmica das Agências Digitais na Pós-graduação UNA, Presidente da ABRADi-MG (Associação Brasileira de Agentes Digitais - Minas Gerais) e Diretor da ABRADI Nacional (Associação Brasileira de Agentes Digitais).

Categoria: Apresentações Corporativas
0
179 visualizações

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *